Finais mais inusitadas do Campeonato Brasileiro

Por Apostaquente | 09 de janeiro, 2023

Algumas finais do Campeonato Brasileiro acabaram surpreendendo os torcedores ao longo da história. Veja quais foram as decisões mais inusitadas.

Desde 2003, as apostas esportivas no Brasileirão são feitas nos pontos corridos. Porém, de 1959 a 2002, o Campeonato Brasileiro foi disputado em sistema eliminatório. Nesse período, tivemos 46 edições, com diversos nomes e formatos diferentes, mas com uma coisa em comum nelas : muita emoção, principalmente nas finais. 

No entanto, algumas finais do Brasileirão hoje são consideradas um tanto quanto inusitadas, pela presença de algumas equipes que, apesar de serem tradicionais, não mantiveram a constância ao longo dos anos. Veja agora alguns casos.

 

Palmeiras x Náutico — 1967

O Palmeiras vivia um ótimo momento no cenário nacional. Inclusive, no mesmo ano, já havia ganhado o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, que também foi unificado como Campeonato Brasileiro.

No entanto, quem surpreendeu foi o Náutico, apesar de ter ficado com o vice-campeonato; a equipe pernambucana eliminou Botafogo, Atlético-MG e Cruzeiro para chegar à final.

 

Coritiba x Bangu — 1985

Talvez essa tenha sido a final mais inusitada de todos os tempos. Na época, nenhum desses clubes sequer havia chegado à final. Portanto, já era certo que haveria um campeão inédito, que foi o Coritiba.

Hoje em dia, os times não estão no mesmo nível. Observando as apostas no Brasileirão, nota-se que o Bangu não disputa nenhuma divisão do Campeonato Brasileiro.

 

São Paulo x Bragantino — 1991

O São Paulo sempre foi um dos maiores clubes do Brasil, tanto que em 1991 disputou a sua oitava final de Campeonato Brasileiro. Na época, o feito se igualava ao do Palmeiras e só não era maior que o do Santos, que havia chegado a 9 finais.

Entretanto, o Bragantino, que tinha um ótimo time, era uma espécie de estranho no ninho, pois disputava a primeira final. O título ficou com o Tricolor Paulista.

 

Grêmio x Portuguesa — 1996

Essa final pode parecer estranha, mas a verdade é que a Portuguesa sempre foi um time muito relevante, faltavam apenas as conquistas de maior expressão. Em 1996, teve a chance, mas perdeu para o Grêmio.

Atualmente, a Portuguesa quase não dá resultados nas apostas online, mas está tentando se reerguer.

 

Athletico-PR x São Caetano

O Azulão já havia chegado à final no ano anterior, mas a decisão era inédita para o Furacão. Apesar de o São Caetano não conseguir ser tão expressivo atualmente, no início dos anos 2000 o time era encantador, tendo disputado até uma final de Libertadores.

No entanto, assim como não ganhou a competição internacional em 2003 e perdeu para o Vasco na final de 2000, também não venceu o Furacão no Brasileirão de 2001.

 

Continue apostando no Campeonato Brasileiro na Apostaquente

Apesar de o Campeonato Brasileiro não ter mais as tradicionais finais, ainda é um torneio incrível para apostar. São 380 jogos em uma temporada, todos esperando os seus palpites aqui na Apostaquente.

Em nossa casa de apostas você consegue acessar todos os jogos do Brasileirão para se divertir palpitando. Registre-se e aproveite toda a emoção.

Sobre o autor:

Apostaquente
A Apostaquente chegou ao Brasil para proporcionar a melhor experiência, e a mais ousada, para os brazucas apaixonados por sites de apostas esportivas e cassino online, oferecendo um portfólio completo para aqueles que buscam por apostas online seguras, inúmeros mercados de apostas e odds competitivas.