Quem são os maiores recordistas mundiais da natação?

Por Apostaquente | 11 de agosto, 2022

Se você gosta esportes aquáticos, sabe que a natação é o principal deles. Confira quais são os maiores recordistas mundiais da natação.

Sempre que o assunto são esportes aquáticos, a natação é a primeira a ser lembrada, não é mesmo? Este esporte exige muito dos atletas, que precisam ter força física o suficiente para conseguirem superar a resistência da água e irem o mais longe possível.

Todos sabem que existem recordes em todos os esportes, sejam eles praticados em terra ou debaixo d’água. No caso da natação, assim como existem diferentes provas e competições, existem inúmeros atletas recordistas.

Para apresentar os maiores recordes da natação mundial, recolhemos informações oferecidas pela Fina (Federação Internacional de Natação). Sendo assim, veja quais são os maiores recordes e recordistas do esporte. Confira!

 

Recordes do estilo livre

Segundo as regras da FINA, o nado estilo livre, como o nome já diz, permite que os nadadores escolham diferentes técnicas para utilizar na prova. No caso, podem usar os nados mais comuns, como costas, peito e crawl ou qualquer outro.

Entre os maiores recordes do estilo livre da natação mundial, encontramos um brasileiro recebendo grande destaque: Cesar Cielo. O nadador do Brasil detém dois recordes no nado de estilo livre, um na prova de 50 metros e outro na prova de 100 metros.

Em julho de 2009, Cesar Cielo quebrou um recorde nos 100 m livre pelo 13º Campeonato Mundial da FINA. Ele completou a prova em 46,19 segundos.

No mesmo ano, o brasileiro quebrou um outro recorde mundial, desta vez no Torneio Open, sediado no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. No dia 18 de dezembro de 2009, Cesar Cielo completou os 50 m livre em apenas 20,91 segundos.

Por incrível que pareça, na natação feminina há uma nadadora que compartilha dos mesmos recordes que Cesar Cielo. Ela também é a recordista dos 50 m e dos 100 m livre. No caso, estamos falando da sueca Sarah Sjoestroem.

Além dos tempos de cada prova, a grande diferença entre os dois nadadores é que Sarah quebrou ambos os recordes em uma mesma competição: o 17º Campeonato Mundial da FINA, em 2017.

Nos 50 m livre, a sueca completou a prova em 23,67 segundos. Já na dos 100 m livre, Sarah anotou um tempo de 51,71 segundos.

 

Recordes do nado costas

Se nadar com o corpo virado para frente, ou seja, em direção ao lado oposto da piscina, já é difícil, imagine nadar de costas?

O recorde mundial dos 50 m costas masculino é muito recente. Em 28 de abril deste ano, o norte-americano Hunter Armstrong completou a prova em apenas 23,71 segundos, competindo nas eliminatórias para o Campeonato Mundial de Natação.

Na natação feminina, podemos dizer que o recorde dos 50 m costas também é recente, porém aconteceu há quatro anos. Competindo nos Jogos Asiáticos de 2018, a chinesa Xiang Liu completou a prova em 26,98 segundos.

 

Recordes do nado borboleta – um dos estilos mais famosos da natação

Para muitos, o nado borboleta é o mais difícil de ser realizado. O nadador precisa de muita força para conseguir empurrar a água, bem como tem que conseguir ser flexível para completar a prova.

O recorde mundial dos 50 m borboleta masculino pertence ao ucraniano Andrii Govorov. Ele completou a prova em apenas 22,27 segundos, enquanto competia na 55ª edição do Troféu Settecolli.

Já na natação feminina, o recorde dos 50 m borboleta pertence a uma velha conhecida: a sueca Sarah Sjoestroem. Se já não bastassem dois recordes no estilo livre, a nadadora quebrou outros dois recordes, desta vez no nado borboleta.

Nos 50 m, Sarah completou a prova em apenas 24,43 segundos, competindo no Campeonato Sueco de 2014. Além deste recorde, a sueca também se tornou a recordista dos 100 m borboleta. Ela completou a prova em 55,48 segundos, competindo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

 

Olimpíadas do Rio de Janeiro foram o palco de muitos recordes da natação!

Agora que você já conhece os principais recordes mundiais da natação, saiba que ainda faltam informações para que você possa conhecer. Uma delas está diretamente relacionada às Olimpíadas de 2016, sediadas no Rio de Janeiro.

Segundo a Federação Internacional de Natação, sete recordes atuais, tanto olímpicos quanto mundiais, foram quebrados ou atingidos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Entre os recordes das Olimpíadas de 2016, estão:

  • 100 m costas masculino: Ryan Murphy – 51,85 segundos (*WR);
  • 100 m peito masculino: Adam Peaty – 57,13 segundos;
  • 400 m livre feminino: Katie Ledecky – 03:56.46 minutos;
  • 800 m livre feminino: Katie Ledecky – 08:04.79 minutos;
  • 100 m borboleta feminino: Sarah Sjoestroem – 55,48 segundos (*WR);
  • 200 m medley feminino: Katinka Hosszu – 02:06.58 minutos
  • 400 m medley feminino: Katinka Hosszu – 04:26.36 minutos (*WR);

*WR: também é o recorde mundial.

 

Faça apostas em esportes com a Apostaquente!

Se você estiver procurando por um lugar para se divertir enquanto dá seus palpites nos principais eventos esportivos do mundo, saiba que este lugar é a Apostaquente!

Em seu site de apostas, a Apostaquente oferece uma variedade de modalidades esportivas para você apostar e se divertir. Lá, você encontra desde os esportes mais tradicionais, como futebol e basquete, até os mais alternativos, como rugby e críquete.

Na hora que decidir começar a fazer apostas esportivas, lembre-se de contar com o melhor site para isso: Apostaquente!

Sobre o autor:

Apostaquente
A Apostaquente chegou ao Brasil para proporcionar a melhor experiência, e a mais ousada, para os brazucas apaixonados por sites de apostas esportivas e cassino online, oferecendo um portfólio completo para aqueles que buscam por apostas online seguras, inúmeros mercados de apostas e odds competitivas.