Países que mais foram cabeças de chave na Copa do Mundo

Por Apostaquente | 20 de dezembro, 2022

Alguns países sabem bem como é o sentimento e a vantagem de estar entre as seleções cabeças de chave da Copa do Mundo. Saiba mais.

Ser um dos países cabeças de chave da Copa do Mundo é uma grande vantagem para as seleções que disputam o torneio, pois, em tese, essa qualificação diminui as possibilidades de confrontos mais difíceis na primeira fase.

Ao longo da história das Copas, alguns países conseguiram cumprir muito bem esse objetivo, de se manterem sempre no topo do ranking da FIFA para estarem consagrados nas cabeças de chave. Veja quais são as seleções que mais estiveram nesse posto durante os mundiais:

 

Brasil — 20 edições

O Brasil é o único país que esteve nas cabeças de chave de todas as Copas do Mundo, que utilizaram a qualificação através do ranking da FIFA, e não da posição geográfica. Logo, isso mostra que o Brasil está na frente dos outros países em quase todos os critérios, quando se trata de Copa do Mundo: títulos, participações, vitórias, gols marcados e tantos outros números.

 

Alemanha — 16 edições

Das 20 participações alemãs em Copas, os tetracampeões só não encabeçaram o sorteio em duas ocasiões – em 1958 e 1970 não houve cabeças de chave. Isso mostra a força da Alemanha nas apostas da Copa do Mundo, que sempre chega no páreo para conquistar grandes feitos.

 

Argentina — 14 edições

Por mais que o futebol argentino não tenha conquistado mais nenhuma Copa do Mundo desde 1986, o nível de qualidade do país no esporte se manteve. Desde esse Mundial, a Argentina sempre esteve entre as cabeças de chave no sorteio da Copa do Mundo.

Para os próximos anos, mesmo com a possível aposentadoria de Lionel Messi, é de se esperar que “Los Hermanos” continuem na parte de cima, pela qualidade dos jovens da seleção, que elevaram o status da Argentina nas apostas online.

 

Itália — 14 edições

Quem faz apostas esportivas não consegue esconder a frustração com a seleção italiana. A Copa do Mundo de 2022 será a segunda edição seguida sem a presença da Azzurra, cuja última participação entre as oito cabeças de chave da Copa do Mundo foi em 2010.

O desempenho recente da Itália fez com que a seleção do país fosse ultrapassada por alemães no quesito das cabeças de chave, e alcançada pela Argentina.

 

Acompanhe o desempenho das seleções cabeças de chave na Copa do Mundo aqui na Apostaquente

Em tese, as seleções cabeças de chave na Copa do Mundo de 2022 são favoritas ao título. Para conferir se essas equipes vão conseguir confirmar as boas expectativas, venha para a Apostaquente, a casa de apostas que torna a experiência do Mundial ainda mais interessante. Registre-se em nossa plataforma e aproveite a Copa do Mundo.

Sobre o autor:

Apostaquente
A Apostaquente chegou ao Brasil para proporcionar a melhor experiência, e a mais ousada, para os brazucas apaixonados por sites de apostas esportivas e cassino online, oferecendo um portfólio completo para aqueles que buscam por apostas online seguras, inúmeros mercados de apostas e odds competitivas.